dois anos sem dormir

Já passa da marca dos dois anos que não durmo direito. Eu sei. Eu, e tantas milhões de mães no mundo. Eu sei, também, quantas tantas outras (sortudas) não tiveram por tanto tempo esse ‘problema’. Entre aspas, porque dos males, o menor. Eu sei. Mas mesmo assim, acordo cedo de manhã com sua voz doce... Continue Reading →

wild at heart

oh, this wild heart of ours, taken by the desire to go beyond, reach higher, conquer the world. calm down, little girl. your life has just started and you've already grown beyond my arms. go, little girl. although hard, the world is too big to be seen by the same angle, the language are too... Continue Reading →

Blog at WordPress.com.

Up ↑